Editorial

Alguém ainda tem dúvidas sobre o golpe? Lúcio Funaro que o diga!

Caros incautos – diz-se daquele que não tem cautela; descuidado, imprudente ou que é destituído de malícia; crédulo, ingênuo. Não que os meus leitores o sejam, mas como toda regra tem exceção, me resguardo no direito de dizer daqueles que não acreditam que a ex-presidenta Dilma Ruosseff sofreu um golpe, pois que quem afirma isso é o ex-doleiro do PMDB, Lúcio Funaro em delação premiada ao Ministério Público Federal.

““Na época do impeachment de Dilma Rousseff, eles – Michel Temer e Eduardo Cunha – confabulavam diariamente, tramando a aprovação do impeachment e, consequentemente, a assunção de Temer como presidente”, exemplificou o doleiro num dos trechos do anexo do inquérito.

Há de lembrar que Temer e seu partido romperam com Dilma meses antes de o afastamento dela ser aprovado e confirmado, mas o agora presidente sempre rejeitou a pecha de “conspirador” ou “golpista”. Fato agora comprovado de que realmente existiu um golpe tramado nos bastidores do poder, dito por uma pessoa que convivia diretamente com a cúpula peemedebista.

Mas isso pra mim não é novidade, nem para os meus leitores, já que sempre falei na existência do golpe. O que me surpreende são alguns fatos que agora começam a vir à tona como que uma conspiração contra o PT, Dilma e principalmente Lula.

Se tem a informação agora de que o juiz Sérgio Moro liberou o ex-ministro Antonio Palocci para conversar com o empreiteiro Marcelo Odebrecht na cadeia. Ambos se encontram diariamente. Eles estão presos na mesma ala na sede da Polícia Federal em Curitiba. Suas celas ficam no mesmo corredor e costumam ficar abertas. Os presos circulam tranquilamente entre as celas e conversam, seja ali ou durante o banho de sol diário.

O que causa estranheza é que Palocci mudou o discurso de seus depoimentos. No primeiro ele falava na possibilidade de delatar o sistema financeiro e um órgão de comunicação – a Globo, no caso. No segundo depoimento o X9 detonou o ex-presidente Lula.  Para quem não sabe X9 significa dedo duro, fofoqueiro, delator, linguarudo entre outros. Para o Srs terem uma compreensão melhor do que estou a falar clique aqui.

Outra surpresa:

Numa das turmas do STF, Gilmar Mendes disparou:

“[…] “Os casos que agora estão sobre a mesa são altamente constrangedores. O que está saindo na imprensa e o que sairá nos próximos dias, meses, certamente vai corar frade de pedra. Já se fala abertamente que a delação de Delcídio [do Amaral] foi escrita por Marcello Miller. Portanto, era um agente que atuava com esse sentido. Agora já se sabe que ele atuou na Procuradoria da República. Sabe-se lá o que ele fez aqui também. Portanto, nós estamos numa situação delicadíssima. O STF está enfrentando, talvez, um quadro de vexame institucional”. […]”

Evidentemente que Gilmar Mendes atuou durante 24 horas por dia para dar o golpe e que atua durante 24 horas por dia para salvar a pele dos golpistas.

Portanto, Srs – os incautos, principalmente – temos aí argumentos suficientes para dizer que Dilma sofreu um golpe e que só será consolidado com a prisão de Lula.

Ah, antes que esqueça: com uma “mãozinha” de Janot, Temer irá se salvar de novo de qualquer outra denúncia, a Folha já deu a senha, que as provas contra Temer no caso JBS serão invalidadas.

A conferir!

Foto reproduzida da Internet

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *