Artigo

As contradições de Moro no caso da mulher de Cunha

O juiz Sérgio Moro parece ser mesmo contraditório. Nesta quinta-feira (25) deu provas disso. Moro afirmou que Cláudia Cruz deveria ter percebido que o padrão de vida levado por ela e pelos familiares era inconsistente com as fontes de renda e com o cargo ocupado por Cunha (Eduardo Cunha, seu marido, ex-presidente da Câmara).

Classificou o comportamento de Cláudia como altamente reprovável e afirmou que ela foi negligente quanto às fontes de renda do marido e com os gastos pessoais e da família. Mas isso, segundo o juiz, não é o suficiente para condená-la. O juiz determinou o confisco definitivo do equivalente a R$ 651 mil, que estavam na conta vinculada aos cartões de crédito usados por Cláudia Cruz. Moro afirmou que o dinheiro é produto de crime.

Como se observa, caro leitor, o juiz encarregado da Lava Jato não só foi contraditório, mas complacente com a mulher do ex-presidente da Câmara, que está preso, digamos, pelos mesmos motivos elencados contra Cláudia Cruz pelo magistrado. No mínimo, no mínimo Cláudia Cruz foi cúmplice do marido, mas o juiz Sérgio Moro não enxerga isso.

Aliás, ele está investigando os casos do triplex do Guarujá e do sítio de Atibaia, que dizem, pertencem a Lula, ex-presidente da República, como forma de propina saída da Odebrecht e da OAS em troca de benefícios em seu governo para as duas empreiteiras. Só que, ao contrário de Cláudia Cruz, o magistrado não tem provas, até porque, nem o triplex, nem o sítio estão no nome de Lula. O que se tem são apenas ilações.

E agora cara pálida, Lula vai ser preso? Se Cláudia Cruz escapou da prisão, mesmo tendo sido cúmplice das falcatruas do maridão, com o juiz Sérgio Moro declarando que as provas contra ela não eram suficientes para condená-la, imagino que Lula dificilmente será preso porque até prova em contrário não se tem provas de que o triplex e o sítio são realmente seus. A não ser que surjam novas denúncias e que sejam contundentes contra o ex-presidente, sim, porque até agora nada foi provado contra ele.

A conferir!

Foto reproduzida da internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *