Política

Documentos reforçam delação da JBS contra Temer

Está no site BuzzFeedNewss

Dois fornecedores de uma campanha apoiada por Michel Temer em 2012 receberam, durante as eleições, R$ 1,160 milhão do frigorífico JBS, do delator Joesley Batista.

Trata-se de um dos capítulos da megadelação que cita especificamente o presidente Temer.

De acordo com o delator, partiu de Temer o pedido para que a JBS ajudasse a custear a campanha de Gabriel Chalita à prefeitura de São Paulo em 2012, pelo PMDB.

Joesley então apresentou à Procuradoria-Geral da República uma tabela com o “beneficiário” Michel Temer e uma série de notas fiscais de empresas que, segundo o delator, eram caixa dois para Chalita.

Clique aqui para ler toda a reportagem

Foto reproduzida da Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *