Galeria

Manifestação em SP tem novos atos de vandalismo

Está no Globo

Um protesto ontem em São Paulo contra os governadores Geraldo Alckmin (PSDB) e Sérgio Cabral (PMDB) terminou com ao menos 20 detidos e com uma agência bancária e uma concessionária de veículos depredadas. Também houve tumulto em ato em Goiânia contra o governador Marconi Perillo (PSDB), e, em Belo Horizonte, a sede da prefeitura foi desocupada por um grupo de sem-teto. No Rio, depois de arquivar inquérito que acusava Bruno Teles de arremessar um coquetel molotov durante protesto em frente ao Palácio Guanabara, o MP pede que se investigue agora a ação policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *