Política

PF abre em Curitiba novos inquéritos sobre três ex-ministros, Henrique Alves é um deles

Está no G1

A Polícia Federal abriu, em Curitiba, novos inquéritos contra três ex-ministros. Eles eram investigados pelo Supremo Tribunal Federal e perderam o foro privilegiado.

As investigações do STF chegaram a Curitiba em dezembro de 2017 e tem como base a delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Os novos inquéritos estão caminhando em separado do inquérito que já apura fraudes na subsidiária da Petrobras.

A partir de agora, a PF no Paraná está investigando a ex-ministra do governo Dilma, Ideli Salvati, o ex-presidente da Câmara e ex-ministro de Dilma e Temer, Henrique Eduardo Alves, o ex-ministro do governo Lula, Edson Santos, além dos ex-deputados pelo PT Cândido Vacarezza e Jorge Bittar.

Vacarezza é o único que já é investigado em Curitiba. Henrique Eduardo Alves está preso em Natal em um desdobramento da Lava Jato.

Na delação premiada, Sérgio Machado afirmou que ajudou no repasse de dinheiro para as campanhas desses políticos. O dinheiro, segundo o delator, teve origem em vantagens ilícitas obtidas por empresas que tinham contratos com a Transpetro. E os repasses foram feitos por meio de doações oficiais.

A PF também abriu inquérito para apurar a suspeita de cartel no arrendamento de uma área de Araçatuba, no interior de São Paulo, para a construção de comboios de transporte de combustível para a Transpetro. Em sua delação, Sérgio Machado disse que, depois de ter vencido a licitação, o consórcio responsável pelas obras passou a fazer pagamentos ilícitos a políticos.

A defesa de Henrique Eduardo Alves disse que ele nega o recebimento de qualquer quantia. Edson Santos afirmou que vai aguardar a convocação da Polícia Federal, que não tem nenhuma dificuldade em esclarecer como ocorreu o recebimento de doações legais de campanha e que todas as doações foram declaradas à Justiça Eleitoral.

O Jornal Nacional não conseguiu contato com as defesas de Cândido Vacarezza, Jorge Bittar e Ideli Salvati.

Foto reproduzida da Internet

One Response to PF abre em Curitiba novos inquéritos sobre três ex-ministros, Henrique Alves é um deles

  1. Alob disse:

    Henrique: expoente potiguar da lava jato… O garoto ainda tem muito potencial para mostrar! A conferir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *