Política

Bolsonaro rebaixa Itamaraty ao preterir ministro e levar filho para reunião com Trump

Está no site Brasil 247

A jornalista Miriam Leitão classificou como uma “vergonha” o fato do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, não ter participado do encontro do presidente Jair Bolsonaro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no salão oval da Casa Branca.

Quem participou do encontro, em seu lugar, foi o deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, que vem exercendo a função de chanceler informal do País. 

“Foi uma vergonha para o Itamaraty. Assim um embaixador definiu a sua avaliação sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro de levar o filho Eduardo Bolsonaro para o encontro com o presidente Trump. De novo é algo que encolhe o Brasil. Não faz qualquer sentido. Se o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, tivesse alguma fibra pediria para sair”, disse Miriam em seu blog no jornal O Globo

Imagem reproduzida do Brasil 247

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *