Política

Requião ironiza Moro e propõe `Lei Ônix Lorenzoni´ para perdoar quem pratique caixa 2

Está no Jornal GGN

Roberto Requião (MDB) decidiu ironizar a generosidade de Sergio Moro em relação ao caixa 2 de Ônix Lorenzoni. O senador elaborou um texto nos moldes de um projeto de lei que concede a juízes o poder de perdoar políticos que tenham se arrependido e feito pedido público de desculpas por seus crimes ou acusações.

A proposta também confere ao magistrado que assumir um cargo de ministro de Estado a possibilidade de perdoar, de ofício, seus pares.

A iniciativa do senador ocorre após Moro, numa coletiva de imprensa em Curitiba, na terça (6), minimizar as acusações de caixa 2 contra o futuro chefe da Casa Civil.

Além de se declarar admirador de Lorenzoni, Moro afirmou que o colega já admitiu o erro, pediu desculpas e tomou as providências necessárias para compensar pelo crime eleitoral.

A redação do projeto batizado de “Lei Ônix Lorenzoni” defende que o benefício de Moro deveria ser estendido a qualquer político que “demonstre arrependimento, confesse a prática do crime e apresente pedido público de perdão”.

Na justificativa, Requião sustenta que “uma vez que a Constituição Federal iguala a todos, nos termos da lei, nada mais coerente do que criar uma lei que dê o direito ao perdão judicial, a critério do juiz, a qualquer colega de Ônix Lorenzoni.”

O texto ainda sugere que Moro poderá, na condição de ministro, conceder perdão judicial ao futuro titular da Fazenda, Paulo Guedes, cujos investimentos em fundos de pensão sob investigação.

No passado, Moro classificou o desvio de dinheiro público para abastecer campanhas eleitorais como a pior das práticas irregulares, pois é uma violação contra a democracia.

Fotos reproduzidas do site Falando Verdades

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *