Arquivos por Categoria: YouTube

YouTube

Governador Robinson Faria usa a máquina para constranger servidores e pedir votos. Veja vídeo

Em reunião promovida no início da noite de quarta-feira (5), na Sala Cuxá do Hotel Maine, em Natal, o governador Robinson Faria, candidato a reeleição,  e seu filho, deputado federal Fábio Faria (PSD), também candidato a reeleição, receberam , servidores e diretores do Detran/RN com o objetivo de pressionar os funcionários da autarquia a votar neles.

O convite para a reunião, que levava a logomarca da campanha “Robinson 55” e com o slogan “Venha fazer parte desse time vencedor”, e tinha como apelo “Amigos do 55”, foi formulado em grupos de redes sociais fechado e levava a assinatura de Robinson Faria e Tião Couto, chamando a atenção para a indispensável presença de TODOS. Algumas pessoas portavam botons das campanhas de Robinson e de Fábio Faria.

Dizia o convite: “Venho através desta, de ordem do diretor-geral do Detran, convocar a todos os servidores e colaboradores, disse TODOS, para uma reunião próxima quarta 05/09 às 18h, pontualmente, no Hotel Maine, em Natal. A presença de cada um é indispensável”.

O convite foi gerado nas redes de grupos do Detran/RN por Aretta Natália Figueiredo Barreto, que tem o cargo de assessora executiva C-1 no Detran/RN.

A direção geral do órgão, tendo a frente o diretor-geral Luiz Eduardo Machado Pereira, o chefe de Gabinete Erivaldo Medeiros de Oliveira, a assessora executiva C-1 Maria Wiliana dos S. Freitas, a assessora executiva C-1 Maria Valeska Duarte dos Santos, a assessoria executiva C-1 Maria Eurides de Oliveira Meirelles e o assessor executivo Welson Farias de Oliveira, subscreveram o convite.

Na reunião Robinson Faria não só pediu voto pra ele, mas como também para o seu filho Fábio Faria e o deputado estadual Gustavo Carvalho, presente ao evento. E apelou numa forma velada de fazer pressão entre os servidores :

“Quem está sendo julgado agora pelo povo, não é só o governador, somos todos nós que trabalhamos no governo”.

Não é a primeira vez que o governador usa a máquina nesta campanha. A Secretaria Estadual de Saúde usando o setor de Regulação e o caso dos outdors, são exemplos claros de como o governo vem usando de métodos pouco republicanos para tentar se reeleger.

YouTube

Ciro Gomes se irrita e xinga repórter durante coletiva em Roraima; veja vídeo

Está no site Congresso em Foco

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) reagiu a uma pergunta durante ato de campanha em Boa Vista (RR) neste sábado. O candidato xingou um homem que acompanhava a coletiva de imprensa de “filho da puta” e exigiu que ele fosse retirado da coletiva e preso (veja o vídeo mais abaixo), acusando-o de “ser do Romero Jucá”, senador do MDB pelo estado.

A pergunta feita pelo homem foi encarada pelo candidato como provocação. “Vá pra casa do Romero Jucá, seu filho da puta. Pode tirar esse daqui, esse daqui é do Romero Jucá. É do Romero Jucá, tira ele. Prende ele aí”, reage Ciro.

Segundo a assessoria de imprensa do candidato do PDT, o homem que se identifica como jornalista estava ali a mando do senador do MDB exclusivamente para provocar Ciro.

Em reportagem em vídeo do jornal Estadão, o repórter do jornal, que acompanha o candidato durante a campanha, conta que o homem xingado pelo candidato afirmou que queria “levar um tapa ou uma ovada do Ciro”.

No vídeo, o candidato responde a questões sobre a crise causada pelo fluxo de imigrantes venezuelanos no estado de Roraima. O homem, identificado como jornalista, pergunta ao candidato se ele reafirmaria ter chamado manifestantes contra o fluxo migratório de “canalhas, desumanos e grosseiros”.

Em meados de agosto, brasileiros expulsaram venezuelanos de Pacaraima (RR), fronteira com a Venezuela, destruindo, colocando fogo em acampamentos e agredindo refugiados venezuelanos que estavam na cidade. O estopim foi um assalto a um comerciante brasileiro que foi cometido por venezuelanos, segundo as autoridades no estado.

Naquela época, Ciro classificou os atos como “desumanidade, grosseria e canalhice” em entrevista coletiva, em que também afirmou que “pela primeira vez na vida, senti vergonha de ser brasileiro”.

 

YouTube

Erasmo Carlos – Pega na mentira

YouTube

Temer usa vídeo para enquadrar Alckmin e o acusa de ser `falso´

 Em vídeo publicado nas redes sociais (veja acima), o presidente Michel Temer (MDB) reagiu às críticas ao seu governo feitas pelo candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) e acusou o tucano de incluir “falsidades” em seu programa eleitoral. Em menos de dois minutos, Temer lembrou Alckmin que os ministros que conduziram áreas criticadas por ele farão parte de sua base de sustentação caso consiga se eleger.  O emedebista citou integrantes do chamado centrão, que apoiou sua gestão e que agora é aliado de Alckmin.

“Geraldo Alckmin, candidato a presidente da República. Me dirijo a você, a você, pelas falsidades que têm colocado em seu programa eleitoral, e eu não posso silenciar em homenagem ao povo do Brasil. Você diz que a educação foi um desastre. Pois você sabe quem foi o meu ministro da Educação, foi o Mendonça Filho, do DEM, partido que apoia sua candidatura. Mendonça fez um belíssimo trabalho”, diz.

O presidente segue os mesmos comentários referindo-se a aliados de Alckmin que comandaram, em seu governo, os ministérios da Saúde, da Indústria e Comércio e do Trabalho.

“Lembro quando você foi candidato a governador e presidente, nas vezes que te apoiei precisamente para esses cargos, acho que você era diferente. Não atenta o que dizem os seus marqueteiros, atenta apenas a verdade, e a verdade significa que nós fizemos muito por essas áreas conduzidas por aqueles que hoje apoiam sua candidatura”, contra-atacou.

YouTube

Pink Floyd -“Echoes” Pompeii

YouTube

John Lennon e Chuck Berry

YouTube

Chico Buarque – Caravanas

YouTube

Barroso defendeu que o tratado internacional está acima da lei brasileira. Veja vídeo

Está no Brasil 247

Como já demonstrou o  site Brasil 247, há decisões oficiais, tanto de ministros, como da Procuradora Geral da República (PGR), além da Súmula Vinculante 25, que demonstram inequivocamente que a jurisprudência afirma que o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos – do qual o comitê é resultado e parte – está acima da lei ordinária, ou seja, acima da Lei da Ficha Limpa. O primeiro deles foi “STF e Dodge têm consenso sobre Tratados da ONU acima da lei brasileira” e o segundo teve como título “Liminar da ONU em favor de Lula suspende efeitos da Lei da Ficha Limpa”.

Agora, segue um vídeo de uma intervenção do ministro Luís Roberto Barroso em plenária do STF que decidia sobre o voto avulso (sem partido), no qual o status supralegal (acima da lei nacional) dos tratados internacionais sobre direitos humanos foi reconhecido por ele de maneira enfática.

Note que Barroso defende que estes tratados devem ter caráter constitucional, ou seja, ainda mais poderoso do que a jurisprudência define. Essa é uma posição defendida por outros ministros, liderada por Celso de Melo, e também pela PGR, Raquel Dodge. Ou seja, ninguém entende que o tratado esteja abaixo das leis internas, é exatamente ao contrário.

Barroso é quem, como relator, irá definir inicialmente no TSE sobre a candidatura, num cenário completamente diferente de quando assumiu a relatoria: uma liminar do comitê encarregado de zelar pelo cumprimento do Tratado de Direitos Civis e Políticos da ONU garante a Lula o direito de concorrer. E agora?

 

YouTube

Vídeo da abertura da campanha do PT invoca o povo para o `Lula Livre´

No primeiro vídeo da abertura da campanha do PT a Presidência, Haddad e Lula são os personagens principais e evocam a figura de Lula como o líder central da candidatura petista. Haddad diz que irá percorrer o país, para “levar as idéias de Lula” e levar para as ruas o “grito de Lula
Livre”.

No vídeo, o ex-prefeito pede para que se leve o “grito de Lula livre para as ruas”. Ao final, ele faz a letra L com a mão direita. O nome de Haddad também aparece com destaque junto à marca da campanha.

YouTube

Toquinho – Aquarela