Entrevista

Humor: “Yes, nós temos banana, banana pra dar e não vender”, diz presidente Tosconaro

O correspondente do Blog em Barril – país que fica nos cafundós do Judas na América Latina – jornalista Gyro Gearloose,  acompanhou o presidente Tosconaro em sua primeira viagem aos EUA depois de eleito. De Tosconaro,
Gyro Gearloose ouviu: “Yes, nós temos banana, banana pra dar e não vender”, após a reunião com o presidente americano, que Tosconaro chama de Capitão América. Segue a entrevista:

1- Gyro Gearloose – Presidente Toscanaro, o que o Sr disse neste primeiro encontro oficial com o presidente americano?

Tosconaro – “Yes, nós temos banana, banana pra dar e não vender”.

2- Gyro Gearloose – Como assim presidente?

Tosconaro – Meu caro Gearloose, eu quis dizer que em Barril só tem banana, a começar pelos meus eleitores, táokei!

3Gyro Gearloose – Andam dizendo nas redes sociais que Barril abriu as pernas para o Tio San. O que o Sr tem a dizer sobre isso?

Tosconaro – Isso é uma inverdade. Essas redes sociais não valem nada. Só postam Fake News. Ainda bem que a campanha acabou e meu filho abandonou esse vício, táokei?

4- Gyro Gearloose – Mas dizem que o Sr trata o presidente americano como Capitão América.

Tosconaro – Mas é claro, meu caro jornalista. Ele é presidente, né isso? Eu sou presidente, né isso? Então se eu sou tratado como capitão – da reserva, mas sou – eu tenho que tratar ele como capitão, Capitão América, no caso porque ele é presidente dos americanos, táokei?

5- Gyro Gearloose –  E o fato do Sr ter batido continência para a bandeira americana? Já estão dizendo que o Sr é subserviente!

Tosconaro – Isso é coisa de comunista que come criancinha. Os meus eleitores bananas não pensam desta forma, táokei

6- Gyro Gearloose – E o que dizer do Sr entregar a Base Militar de lançamento de buscapés aos americanos?

Tosconaro – Isso é outra inverdade, táokei

7- Gyro Gearloose – Mas presidente Tosconaro, o Sr assinou um
acordo para liberar o uso da Base aos Yankes

Tosconaro – Sim, assinei junto com o Capitão América o acordo porque entendemos que presidimos duas potências mundiais e precisamos intensificar nossas relações para cada vez mais aperfeiçoar os lançamentos de foguetes buscapés.

8-Gyro Gearloose – E sobre a liberação de vistos aos americanos para entrar em Barril e deixar de fora os brasileiros?

Tosconaro – Não quero brasileiro em situação irregular em Barril. Maioria dos imigrantes não tem boas intenções, táokei?

Charge: Ricardo, em O Popular

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *