Política

Salles suspende fiscalização no Chico Mendes após reunião com grileiros e infratores ambientais

Está no site Brasil 247

Cinco infratores ambientais participaram de uma reunião com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para discutir o futuro da primeira Reserva Extrativista (Resex) do país e reclamar da suposta truculência de agentes do ICMBio e conseguiram que o governo federal suspendesse a fiscalização dentro da unidade de conservação.

Segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a Resex já perdeu 74,5 km2 de floresta, somente este ano, o que representa um aumento de 203% em relação ao ano passado. A área perdida equivale a quase dois Parques Nacionais da Tijuca (RJ), a maior floresta urbana do mundo, e é a maior da série histórica, iniciada em 2008. 

De acordo com reportagem da Folha, na reunião realizada em novembro estavam o autor de uma ameaça de morte contra um servidor do ICMBio, um ex-procurador-geral de Justiça do Acre acusado de abrir uma estrada ilegal dentro da Resex Chico Mendes, um condenado por desmatamento e uma fazendeira com um haras em uma unidade de conservação criada para atender a seringueiros.na

Entre os quais, o grileiro Rodrigo Oliveira Santos, que em 2013 ameaçou de morte um servidor do ICMBio no Acre que o multou por desmatamento de 69 hectares dentro da Resex. “Cadeia, a gente entra e a gente sai. Caixão, não, só tem entrada, não tem saída”, disse, em conversa gravada e entregue à Polícia Federal. 

O encontro com Salles foi articulado por parlamentares acreanos como a deputada federal Mara Rocha (PSDB) e o senador Marcio Bittar (MDB-AC). Mara prepara um projeto de lei para reduzir o parque Chico Mendes, retirando da unidade de conservação áreas tomadas pela pecuária. 

A medida pode beneficiar o grileiro Santos e outros três infratores ambientais presentes na reunião, os pecuaristas Uenderson de Brito, Fátima Sarkis e Gutierri Ferreira da Silva, todos criadores de gado dentro da Resex.

Foto reproduzida da Internet

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com