Política

Após resistir à pressão política, Record afasta Paulo Henrique Amorim do Domingo Espetacular

Está no site Notícias da TV

Paulo Henrique Amorim vai sumir por uns tempos depois de 14 anos ininterruptos no Domingo Espetacular. A Record convocou o apresentador para uma reunião na tarde desta segunda-feira (24) e lhe comunicou que ele está fora do programa. Amorim, que tem contrato até 2021, não será demitido.

A Record confirma a informação. “Paulo Henrique Amorim deixa o programa e permanece na emissora à disposição para novos projetos”, disse a emissora em nota oficial (leia no final deste texto).

O apresentador deixa o Domingo Espetacular após uma história de resistência. Esquerdista barulhento no blog Conversa Afiada, ele teve a cabeça pedida à Record inúmeras vezes desde 2014, quando a polarização entre esquerda e direita ficou mais acirrada. A emissora resistiu, afinal uma pesquisa apontou que o rosto do profissional era fundamental para a credibilidade da revista eletrônica.

Nos últimos meses, ficaram fortes os rumores de que o jornalista seria demitido da Record por ser um ferrenho crítico do governo de Jair Bolsonaro (PSL), principalmente do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Nota oficial da Record

A Record emitiu na noite desta segunda a seguinte nota: “O Domingo Espetacular, a partir deste domingo, 30/06, será apresentado por Patrícia Costa e Eduardo Ribeiro.” “Paulo Henrique Amorim deixa o programa
e permanece na emissora à disposição para novos projetos.”

“As mudanças fazem parte do processo de reformulação do jornalismo da Record TV, que está sendo implementado pelo vice-presidente de jornalismo da Record TV, Antonio Guerreiro, desde janeiro deste ano.”

Imagem reproduzida da Internet

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *