Arquivos por Categoria: Baú de Estrela

Baú de Estrela

A educação e a avacalhação

Os comentários nas redes sociais foram na mesma toada

Baú de Estrela

Das durezas de todo dia

Na escola e na universidade, igualmente, se reconhecia o patamar hierárquico – não, as relações não são igualitárias apenas por desejarmos que assim sejam.

Baú de Estrela

Baú de de Estrela

Presidindo gôndolas uruguaias Por Stella Galvão Era um dia como outro qualquer nas imediações do supermercado Devoto, bairro de classe média abonada em Montevideo. De repente, algo de inusitado movimentou a…

Baú de Estrela

Baú de Estrela

O 15 e suas pílulas de felicidade postiça por Stella Galvão O número 15 desta campanha para o governo do RN, Henrique Alves, atualizou o ‘Lulinha paz e amor’, criação do…

Baú de Estrela

Baú de Estrela

A velha campanha está de volta por Stella Galvão Primeiramente, peço desculpas aos leitores pela longa ausência de novas postagens. Fui cuidar da saúde mas estou de volta, renovada e com…

Baú de Estrela, Economia

Baú de Estrela

O fenecimento da Rosa por Stella Galvão ‘Hei de envolver-te até meu padecer de todo fenecer’, diz o apaixonado ao final da canção ‘Rosa’, obra-prima do compositor Pixinguinha. Em 2/junho, uma…

Baú de Estrela, Sem Categoria

Baú de Estrela

E Sebastião bebeu na vã filosofia por Stella Galvão  Menino mirrado, ele chegou a ser desenganado por um desses médicos abnegados que ganham as grotas do interior para fazer cumprir o…

Baú de Estrela

Baú de Estrela

por Stella Galvão O deputado e o ‘doente imaginário’ Um clima geral de consternação tomou de assalto a política do Rio Grande do Norte, desde que o deputado federal Paulo Wagner…

Baú de Estrela

Baú de Estrela

Paulo Coelho e o oráculo por Stella Galvão Uma entrevista publicada na edição desta semana da revista Época consagra o escritor Paulo Coelho como oráculo da cena brasileira. Notório vendedor de…

Baú de Estrela

Baú de Estrela

por Stella Galvão Nine, a saga potiguar Foram nove, apenas nove almas irmanadas no desejo comum de usar a tarde de um sábado quente para extravasar o que lhes oprimia por…